Guia: Primal Blueprint – Parte 1/3

Este post é uma tradução livre do Definitive Guide: The Primal Blueprint, publicado no Mark’s Daily Apple por Mark Sisson. O artigo é um resumo bem geral do Primal Blueprint, e uma ótima introdução.

Pelo tamanho do post original, vou dividi-lo em 3 partes para facilitar meu trabalho.🙂


The Primal Blueprint

The Primal Blueprint

Construa o Corpo Mais Saudável Possível com o Primal Blueprint

Neste extenso artigo você vai encontrar as peças básicas necessárias para descobrir o lado Primal da sua vida. O que isso quer dizer? Quer dizer aprender e entender o que significa ser humano. Quer dizer usar este conhecimento para te ajudar a fazer importantes escolhas de estilo de vida. Quer dizer modelar a sua vida de acordo com seus ancestrais para promover uma ótima saúde e bem estar. E, principalmente, quer dizer tomar controle do seu corpo e mente.

Minha premissa básica é a seguinte: O Primal Blueprint (algo como Planta Primal ou Projeto Primal) é um conjunto de instruções (a planta) que permite que você controle como seus genes vão se expressar de forma a construir o corpo mais forte, em forma e saudável possível, obtendo dicas da biologia evolutiva (essa é a parte primal).

As vezes ficamos tão perdidos nos detalhes da ciência da biologia humana que não conseguimos enxergar o todo. Nós ignoramos a simplicidade e facilidade com as quais todos nós podemos atingir saúde e condição física excepcionais.

Viver em uma sociedade moderna é extremamente complexo. Com descobertas de dar nó no cérebro diariamente na ciência, tecnologia e medicina, e com uma base de conhecimento sempre em expansão e cada vez mais esotérica e de nicho, não é de se espantar que frequentemente busquemos soluções científicas complicadas para problemas que requerem apenas respostas simples. Um dos melhores exemplos é a grande – e cara – corrida para identificar todas as novas possíveis variações genéticas (SNPs) dentro do genoma humano que poderiam predispor alguns de nós a certos problemas de saúde. Dificilmente uma semana passa sem o anúncio da descoberta de um gene “defeituoso” que aumenta o risco de alguém ou algum grupo ser obeso, ter câncer, desenvolver diabetes tipo 2 ou artrite. O resultado de todos esses anúncios e manchetes sensacionalistas é que muitos de nós se acostumaram a colocar a culpa dos nossos problemas de saúde na má sorte de termos herdado genes “defeituosos”. Como se não bastasse abdicar da responsabilidade aqui, nós então cruzamos os dedos e fechamos os olhos e esperamos que os cientistas possam criar “respostas” farmacêuticas para o nosso problema particular antes que seja tarde demais. Em muitos casos alguns ajustes de estilo de vida são tudo o que é preciso para lidar com todas exceto as mais sérias destas variações genéticas. Sim, eu concordo que algumas doenças genéticas sérias existem e que são melhores tratadas com drogas modernas, que salvam vidas, mas para a vasta maioria das variações genéticas menores que existem no genoma humano, o fator decisivo real para um gene particular se expressar de um modo ou de outro se resume ao que você come, como se mexe, que tipo de ar você respira, o que você pensa – em outras palavras, o seu ambiente. A indústria farmacêutica não quer que acreditemos que muitos de nossos males podem ser resolvidos tão facilmente, então gastam bilhões de dólares para descobrir os segredos do genoma. Enquanto isso, os segredos reais – e soluções – estão contidos dentro do DNA de cada uma de nossas células.

A essência do Primal Blueprint é a seguinte: A maior parte da vida é bem mais simples do que a medicina e ciência modernas gostariam que você acreditasse. Você pode ter um impacto tremendo em como os seus genes se expressam, simplesmente fornecendo às suas células o ambiente correto. Tudo o que você precisa é um entendimento básico de como seu corpo funciona e um simples guia filosófico que você pode usar para encontrar respostas para quase qualquer questão de saúde e condição física – quer envolva escolhas pessoais e ajustes de estilo de vida ou intervenção médica apropriada. Com esta simples estratégia, você será capaz de examinar e avaliar qualquer escolha de alimentos, qualquer forma de exercício ou qualquer outro comportamento no contexto de como eles impactam os seus genes! Mesmo se você decidir optar por uma “má escolha”, pelo menos você saberá porque ela é má…

Continuar para a segunda parte…

Esse post foi publicado em Mark's Daily Apple, Primal Blueprint e marcado , . Guardar link permanente.

14 respostas para Guia: Primal Blueprint – Parte 1/3

  1. Pingback: Guia: Primal Blueprint – Parte 2/3 | Vida Primal

  2. Pingback: Guia: Primal Blueprint – Parte 3/3 | Vida Primal

  3. Pingback: Paleo na Prática | Vida Primal

  4. Pingback: Lista de Compras Primal | Vida Primal

  5. Pingback: Olá, mundo! Bem vindos ao Vida Primal! | Vida Primal

  6. Pingback: Como me livrei da urticária colinérgica | Vida Primal

  7. Pingback: Página não encontrada | Vida Primal

  8. Pingback: Paleo na prática (atualizado) | Vida Primal

  9. Pingback: Revertendo a Esclerose Múltipla com a Dieta | Vida Primal

  10. Pingback: Primal Resources « thoughts…

  11. José Campos disse:

    Esta pessoa, parece-me que, à semelhança do que aconteceu comigo,tambem foi obrigada a aprender com o seu mal.
    A grande industria farmacêutica pouco se interessa com a saude das pessoas,concentrando toda sua capacidade em €,$ e outros símbolos semelhantes.
    Assim vai o mundo!

  12. Edmar disse:

    Caro,

    No inglês, “blueprint” é o nome vulgar da cópia heliográfica em papel sulfite de um desenho produzido por meio de tinta nanquim em papel vegetal. De modo geral é um papel azulado, que lembra nossas antigas cópias de mimeógrafo. No inglês, é sempre sinônimo de projeto, no sentido de um plano com prescrições e detalhes definidos para serem executados.

    Abraço,

  13. vladimir disse:

    MODELO PRIMAL, seria a melhor tradução.

  14. Pingback: Senhor Tanquinho Entrevista - Glauber Silva, do Site Obeso Emagrece - Senhor Tanquinho

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s